Perfil
Pas-de-deux
 
O universo da alta moda traz consigo uma certa teatralidade, a coreografia dos tecidos e das cores que se harmonizam e os ateliês que criam figurinos para mulheres protagonistas da vida real. Com esse enredo, Sandro Barros e Renata Queiroz de Moraes fundaram as bases de uma parceria perfeita no coração criativo de São Paulo
 
Nascido em Itapetininga, no interior de São Paulo,  Sandro Barros manifestou, desde garoto, o talento que o celebrizaria. Primeiro pelos desenhos perfeitos, réplicas de um mundo ideal e de sonhos que mais tarde se tornariam croquis. Cercado pelas mulheres fortes de sua família, foram elas as primeiras musas que ele pensava em vestir. Depois, o ideário de um jovem interessado desde cedo por arte, história e balé clássico passou a se inspirar nas grandes damas do cinema e do high society que davam vida às roupas maravilhosas criadas por renomados estilistas e costureiros. Apaixonado por ópera, sua vocação se mostrou imediatamente ser a criação de um guarda-roupa para mulheres que jamais passarão despercebidas, divas da realidade que transitam por grandes cenários em busca da realização de seus sonhos.
 
 Aos 17 anos, deixou a cidade natal para estudar moda na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo. Estagiou com Jorge Kauffman, foi assistente de estilo e, em seguida, de produção de moda no Phytoervas Fashion, a matriz das semanas de moda no Brasil, em que galgou os degraus rumo a sua primeira profissão, stylist. Nesse percurso, trabalhou para revistas como Vogue Brasil, Elle e Revista da Folha, atuou nas semanas de moda de São Paulo, Rio, Fortaleza e Salvador e assinou o estilo de desfiles de Lino Villaventura, Samuel Cirnansk, Paul & Shark e da Daslu, que durante 4 anos foi sua principal cliente.
 
A grande virada da carreira deu-se em 2002, quando aceitou o convite de Eliana Tranchesi para trabalhar na Daslu Couture ao lado de Silvia Reali Campos da Silva. Ao invés de simplesmente combinar as roupas, passaria a criá-las. No setor de habillés da loja, ampliou sobretudo as linhas de vestidos sob medida, acessórios e joias. De imediato, a clientela reconheceu a sensibilidade apurada de Sandro em traduzir a alma de cada mulher, valorizando sua beleza e sua feminilidade. Clássico, mas com os dois pés na contemporaneidade, ele de certa forma descobriu uma nova linguagem para os vestidos de festa.  Não demorou para que se consagrasse um dos estilistas mais conceituados e influentes da  alta sociedade paulistana, expandindo seu trabalho para outras cidades de todo o Brasil. Além, é claro, de vestir as noivas mais emblemáticas do país na última década.
 
Em 2011, após nove anos ocupando o cargo de estilista da Daslu Couture, Sandro decidiu abrir sua própria grife em parceria com a amiga e cliente Renata Queiroz de Moraes. Formada em Administração de Empresas na FAAP com MBA na Fundação Getúlio Vargas, a paulistana começou sua carreira como executiva do mercado da construção civil, um mundo em princípio bem distante, convenhamos, do universo da moda. Mas os experts sabem que a elaboração de uma roupa, passa, sim, pela arquitetura de sua modelagem. Durante seis anos, ela trabalhou na Mixed, onde apurou seu olhar sobre o mercado. Conhecida pela elegância natural com que escolhe as peças do próprio closet, Renata é, antes de tudo, uma apaixonada por moda.
 
O nascimento do primeiro filho levou-a a uma pausa profissional durante a qual repensou a carreira. Por que não alinhar o background de gestão de negócios em prol de um empreendimento no mundo da moda? Cliente fiel de Sandro desde 2007, quando encomendou o primeiro vestido assinado por ele, Renata maturava a futura parceria, que se tornaria realidade quatro anos depois. A sintonia entre o criador e a musa encantada por suas criações finalmente rendeu frutos a partir da simples e definitiva pergunta dela: “Afinal, quando vamos abrir nossa loja?”
 
Surgia, assim, da sinergia de talentos e competências o Ateliê Sandro Barros, hoje instalado na belíssima casa da Rua Henrique Martins, em São Paulo. Um lugar que exala o bom gosto, a elegância e o savoir-faire de dois profissionais que alinharam seus passos com a única intenção de deixar o mundo ainda mais belo. E a matéria-prima da beleza, definitivamente, é a mulher.