News > Sandro Barros apresenta Turandot

Sandro Barros apresenta Turandot
Sandro Barros apresenta Turandot

 

Ao ouvir a primeira gravação da ópera Turandot, de Giacomo Puccini, protagonizada pela soprano franco-italiana Gina Cigna em 1938, Sandro Barros mirou na influência da cultura chinesa nos filmes de Hollywood da década de 1930 para sua coleção outono/ inverno 2017, ‘Turandot’. A estética do cineasta Wong Kar-wai(‘Felizes Juntos’, ‘Amor à Flor da Pele’) e os figurinos de Marlene Dietrich no clássico ‘Expresso de Xangai’ e da atriz Anna May Wong, primeira descendente de asiáticos a fazer sucesso no cinema americano, serviram de inspiração para os vestidos bordados à mão. 

“Wong venceu o racismo em Hollywood e se impôs pelo seu talento. Antes dela, os diretores escalavam atrizes brancas que imitavam as chinesas, então ela realmente foi uma pioneira, além de ter tido um comportamento na vida real glamurosíssimo”, conta Sandro. 

O coquetel de lançamento da coleção, que acontece no próximo dia 9, terá uma surpresa para o público: o coral e orquestra Allegro, do maestro Renato Misiuk, vai executar a ária ‘Nessun Dorma’, de Turandot, e a Nona Sinfonia de Beethoven em plena Rua Henrique Martins, no Jardim Paulista, em frente ao ateliê de Sandro. “Até junho, o Allegro levará música clássica para a rua; foi um presente que decidimos dar ao Jardim Paulista, bairro que nos recebeu tão bem em São Paulo, para dar início às comemorações dos cinco anos do Atelier”, diz Renata Queiroz de Moraes, CEO da marca.  

A coleção "Turandot" traz 30 vestidos exclusivos feitos com tecidos clássicos e técnicas tradicionais da alta-costura francesa, muitos bordados de linha de seda, franjas, e bordados com misturas de cristais Swarovski e vidrilhos coloridos criados a partir de desenhos de porcelanas, tapetes e das paredes dos palácios chineses. Os contrastes de cores são bastante pronunciados: azul marinho com bege, cereja com dourado, nude com laranja, caramelo com rosa e verde. A silhueta vem bem lânguida, em vestidos-coluna no viés ao gosto dos anos 30. Destaque para o bolero curto de gola alta e estruturada ricamente, bordado com cristais água-marinha, prata e turquesa com desenhos de crisântemos e que se combina a uma pantalona de crepe de seda azul-celeste.

As fotos e o filme da campanha foram feitas pelo top fotografo e diretor Peu Campos em clima cinematográfico, narrando uma história de amor temperada com os cinco-perfumes-chineses, whisky e aromas de jasmim, canela e pimenta. 

Ficha Técnica:

Direção Geral: Renata Queiroz de Moraes

Direção Criativa e styling: Sandro Barros

Filme e fotografia: Peu Campos

Produção executiva e moda: Atelier Sandro Barros

Cabelo: Mitiko, Espaço K1

Maquiagem: Rosman Braz. salão 1838

Jóias: Izabel Esteves, Silvia Furmanovich e Daniela Norinder

Tiaras: Hector Albertazzi

Thanks to: Giu Ranieri, Antiquario Luiz Mello, Ana Luíza Wawelberg, Entreposto, Valencien e Ermenegildo Zegna